Boca do Inferno

domingo, janeiro 13

Estava eu a ler o livro do Ricardo Araújo Pereira – “Boca do Inferno” quando me deparo com uma interrogação que nunca me tinha passado pela cabeça. Dissertava o rapaz sobre a posição da Igreja face ao casamento homossexual, e sai-se com esta, ora reparem:

“Confesso que sou dos que acham que, se os homossexuais quiserem casar, devem poder fazê-lo. E acredito que, um dia, isso vai ser possível. Nessa altura, quando o casamento entre homossexuais for já uma instituição contra a qual não há nada a fazer, o padre Loreno estará metido em sarilhos. Filosoficamente falando, claro. Que dirá ele então: condenará o divórcio entre homossexuais, uma vez que a Igreja é contra o divórcio; ou apoiá-lo-á, porque se desfaz um lar homossexual – e a Igreja condena a homossexualidade? Dilemas.”

Genial.

8 comentários:

QJ disse...

dilema interessante,

mas o primeiro dilema a resolver será revelar a sexualidade na Igreja...

Noivo disse...

ora ai está um bom ponto de vista:)

via disse...

a igreja anda atarantada, cá para mim é anátema de decrepitude!em matéria de homossexualidade, fede!

Druiel disse...

A igreja sempre andou atarantada, só que ainda conseguiram disfarçar durante uns tempos. Uns bons tempos!

Nikita disse...

o ricardo e o seu jeito inato para nos despertar para novos pontos de vista...

Está aí uma boa interrogação, a que ele sugere!


Gostei de te ler, e voltarei ;)


Beijos,
Nikita

G.love disse...

Cada dia gosto mais de "ti". Pena que não dê para nos conhecermos.

AR disse...

Qj:
Ao que parece essa é fácil "macaco não vê, macaco não ouve, macaco não fala"

Noivo:
Pois o miudo tem piada!

Via:
Sem dúvida e cheira imenso aqui!

Duriel:
Sem dúvida!

Nikkita:
Volta sempre, obrigada pela simpatia!

G. Love:
Quando andares por Lx, deixa-me um e-mail, nunca se sabe... Obrigada pela tua simpatia :)

dona disse...

bem visto, não haja dúvida. :)