Homossexualidade e a Igreja

sexta-feira, fevereiro 15

A propósito de uma conversa com a Shaken em que ela me dizia professar a religião católica, lembrei-me de um e-mail que recebi sobre a interpretação da bíblia a propósito da homossexualidade ser considerada uma abominação.

Aqui fica a transcrição do e-mail que dá para rir e pensar:

«Laura Schlessinger é uma personalidade da rádio americana que distribui conselhos para pessoas que ligam para seu show.
Recentemente ela disse que a homossexualidade é uma abominação de acordo com Levíticos 18:22 e não pode ser perdoada em qualquer circunstância.

O texto abaixo é uma carta aberta para Dra. Laura, escrita por um cidadão americano (disponibilizada e traduzida na Internet).

"Cara Dra. Laura:
Obrigado por ter feito tanto para educar as pessoas no que diz respeito à Lei de Deus. Eu tenho aprendido muito com seu show, e tento compartilhar o conhecimento com tantas pessoas quanto posso.
Quando alguém tenta defender a homossexualidade, por exemplo, eu simplesmente o lembro que Levíticos 18:22 claramente afirma que isso é uma abominação. Fim de debate.
Mas eu preciso de sua ajuda, entretanto, no que diz respeito a algumas leis específicas e como seguí-las:
a) Quando eu queimo um touro no altar como sacrifício, eu sei que isso cria um odor agradável para o Senhor (Levíticos 1:9). O problema são os meus vizinhos. Eles reclamam que o odor não é agradável para eles. Devo matá-los por heresia?

b) Eu gostaria de vender minha filha como escrava, como é permitido em Êxodo 21:7. Na época actual, qual acha que seria um preço justo por ela?

c) Eu sei que não é permitido ter contacto com uma mulher enquanto ela está em seu período de impureza menstrual (Levíticos 15:19-24). O problema é: como é que eu digo isso a ela? Eu tenho tentado, mas a maioria das mulheres toma isso como ofensa.

d) Levíticos 25:44 afirma que eu posso possuir escravos, tanto homens quanto mulheres, se eles forem comprados de nações vizinhas. Um amigo meu diz que isso se aplica a mexicanos, mas não a canadianos. Você pode-me esclarecer isso? Por que eu não posso possuir canadianos?

e) Eu tenho um vizinho que insiste em trabalhar aos sábados. Êxodo 35:2 claramente afirma que ele deve ser morto. Eu sou moralmente obrigado a matá-lo eu mesmo?

f) Tenho um amigo meu que gosta de comer moluscos, sendo que este comportamento é abominação (Levíticos 11:10), é uma abominação menor que a homossexualidade? Eu não concordo. Você pode esclarecer esse ponto?

g) Levítcos 21:20 afirma que eu não posso me aproximar do altar de Deus se eu tiver algum defeito na visão. Eu admito que uso óculos para ler. A minha visão tem mesmo que ser 100%, ou pode-se dar um jeitinho?

h) A maioria dos meus amigos homens apara a barba, inclusive o cabelo das têmporas, mesmo que isso seja expressamente proibido em Levíticos 19:27. Como eles devem morrer?

i) Eu sei que tocar a pele de um porco morto me faz impuro (Levíticos 11:6-8), mas eu posso jogar futebol americano se usar luvas? (as bolas de futebol americano são feitas com pele de porco)

j) Meu tio tem uma fazenda. Ele viola Levíticos 19:19 plantando dois tipos diferentes de vegetais no mesmo campo. Sua esposa também viola Levíticos 19:19, porque usa roupas feitas de dois tipos diferentes de tecido (algodão e poliester). Ele também tende a xingar e blasfemar muito. É realmente necessário que eu chame toda a cidade para apedrejá-los (Levíticos 24:10-16)? Nós não poderíamos simplesmente queimá-los em uma cerimónia privada como deve ser feito com as pessoas que mantêm relações sexuais com seus sogros (Levíticos 20:14)?

Eu sei que você estudou essas coisas a fundo, então estou confiante que possa ajudar.
Obrigado novamente por nos lembrar que a palavra de Deus é eterna e imutável.
Seu discípulo e fã
(Nome mantido em sigilo)»

23 comentários:

DUCA disse...

Pois ...
A tal de Laura Schlessinger esqueceu-se de um ditado muito antigo que, se não estou em erro, diz isto: "com ferro matas, com ferro morrerás."

Eu já conhecia este texto mas sempre que o leio acho-o delicioso. Das duas uma, ou a senhora só retira da bíblia o que lhe serve para alimentar a sua homofobia, ou é ignorante de todo.

É do conhecimento geral que quando defendemos ou atacamos algo devemos conhecer a fundo os argumentos de um lado e de outro para o que der e vier e não sermos apanhados na curva.

Bom fim de semana

desabafos disse...

É a primeira vez que estou a ler esta carta, que acho simplesmente fabulosa. Concordo em pleno com o comentário de Duca.
Este blog é de leitura obrigatória. Continuem. Bom fim-de-semana.

cumplicidades disse...

Simplesmente lindo!!!

Bjs

cumplicidades disse...

Só mais uma coisa...

Ainda estou aqui a pensar com os meus botões que hipóteses tenho esta noite em relação à alínea C...deverei seguir a Bíblia? :o)

Em todas as ruas te encontro disse...

Não acredito que Deus (caso exista) condene duas pessoas do mesmo sexo que se amam.
Cristo veio ao mundo para dar a conhecer Deus a todos os ser humanos e para cortar com essas sentenças abomináveis que vêem referidas na carta aberta para a Dra. Laura e que dizem respeito ao Antigo Testamento que foi escrito por homens que implementaram essas sentenças abomináveis que não têm nada de inspiração divina.

Shaken disse...

Posso deixar aqui a resposta que ei ao jornalista sobre este assunto... a Bíblia é a interpretação humana da palavra divina. Aqui a palavra chave é HUMANA.

Da mesma forma, foi a primeira vez interpretada e traduzida para livro há milhares de anos atrás e desde aí houve evolução na humanidade... a Igreja tem que evoluir também. (eu já venho há muito a dizer que agora qualquer um escreve um livro).

A par de tantas outras coisas confesso que me choca mais a proibição do uso de qualquer tipo de contraceptivo do que a intolerância pela homossexualidade. Com tantos princípios e não são capazes de ver que há países que, dada a sua pobreza, não comportam famílias numerosas... que fazer? ah claro, abolir o sexo... coisa suja e horrorosa... *bah*

Sou católica, apostólica, "romântica" mas não sou burra e penso pela minha cabeça. Resultado... sou crítica!

atum (ou sc) disse...

nunca tinha visto esta carta, nem tinha conhecimento da "bacorada" dessa senhora. são coisas da liberdade de expressão, cada um diz o que lhe apetece, mas acho ridiculo que continuem a transmitir-se este tipo de preconceitos e desculpá-los com Deus. Irrita-me mesmo a sério e, a existir Deus, acredito que o irrite e desiluda também a ele também.
Enfim, de qualquer maneira foi uma resposta à altura da estupidez da sra dra.

* (e obrigada à AR por ser, provavelmente, a nossa única leitora lol)

atum (ou sc) disse...

jesus, que construção frásica bem elaborada xD

RV disse...

fiquei completamente deliciada a lêr os contra argumentos de quem não tem medo de questionar, nunca tinha tido acesso a este texto e é estupendo.
Apesar de concordar com o q foi escrito em cima assumo-me como cristã pq acredito na mensagem o resto são meros aproveitamentos de mentes preverssas q nada sabem senão de regras q nada têem a vêr com Amor.

S.M disse...

Quem lê a bíblia com os olhos miupes do preconceito e da maldade, deveria ser queimado vivo e depois cruxificado...
"Onde há AMOR não há pecado" - está escrito :)

S.M

QJ disse...

interessante texto, a liberdade sexual sempre foi condenada pela igreja, e por arrasto quem sempre se proclamou religioso, e então quando se fala de americanos nem se fala, basta o exemplo que foi o escândalo da Janet Jackson quando "sem querer" em plena MTV quase que se viu o seu peito (estava lá uma estrela malandreca que não deixou ver o que faltava...) mas no entanto a venda de armas é feita com uma facilidade tremenda, eu costumo dizer que na América pode-se matar quem se quiser, mas quando se fala em sexo, isso nem vê-lo, as pessoas podem começar a ficar pacíficas é uma chatice ver o pessoal todo enrolado...

A religião é o ópio do povo dizem alguns, mas o sexo também é um belo ópio...

depois temos a homossexualidade, ai valha-me todos os santinhos!!! é estúpido, absurdo, incompreensível que nos dias de hoje, alguém pegue no maior best seller já mais vendido e lendo o que foi escrito sabe-se lá à quanto tempo, por pessoas que acreditavam que quando relampeja era porque Deus os estava a castigar, que impunham regras religiosas, e mais uma série de coisas, venham Hoje (que infelizmente o fazem) dizer que Deus condena, por acaso até hoje não tenho nenhuma prova que Ele condene quem quer que seja por amar quem quer que seja!

bom fim de semana

babsy! disse...

Um bom momento de uma série de televisão:

http://www.youtube.com/watch?v=5-zhNiGlogQ&feature=related

Memory disse...

Eheheheheh..é excelente este texto...

Um abraço a todo o Team

Baby Blue Eyes disse...

Delicioso!!!

GRAFIS disse...

Jesus Cristo foi o primeiro a quebrar categoricamente com, pelo menos, uma das “regras” de Levíticos, no que diz respeito, por exemplo, ao trabalho ao Sábado, e na verdade foi condenado por diversas vezes pelos Fariseus, os homens da suposta Igreja da altura. Leia-se os Evangelhos, por exemplo. É por isto que eu nunca hei-de ser católica apostólica romana, porque há uma diferença muito grande entre ser cristão e os primeiros, e a estes, na verdade, reconheço-lhes muito pouco de cristãos.

Sapho disse...

Excelente post! Muito boas informações, usarei-as em algum momento oportuno.

linfoma_a-escrota disse...

pecisamos de tiiiiiiiiiiiiii










WWW.MOTORATASDEMARTE.BLOGSPOT.COM

indigente andrajoso disse...

muito bom

ve tambem isto

http://omundoperfeito.blogspot.com/2008/01/no-posso-querido-que-agora-estou-na.html

Anónimo disse...

AR sempre com posts geniais. Parabenssejas quem fores

Teresa disse...

Entre o comentário da Duca e o da Shaken está tudo dito. E também eu sou católica apostólica romana (e cada vez menos romântica.

Conheço este texto há bastantes tempo, tenho uma vaga ideia de ter circulado na Internet há uns anos, mas não perdeu um pingo de actualidade. Obrigada por o trazerem a lume. Obrigada por este cantinho, de que gosto tanto. Estão todas de parabéns.

Ravanelli disse...

Boa, boa! Obrigado amiga! Tenho aqui uns colegas (dos quais não gosto muito...) que trabalham ao sábado! Agora já sei o que posso fazer!
Vou já tratar disso!!! Beijos!!!

Ravanelli disse...

Lembrei-me que também trabalho sábados... não dá... parecia tudo tão bom, tudo a correr tão bem...
Espera... será que comem moluscos???

Anónimo disse...

Pessoal, é preciso interpretarmos bem leviticos. Naquele tempo existiam as leis cerimonais, que são essas mencionadas, e foram cravadas na cruz (deixaram de existir) eram leis sacrificiais, que durariam até a vinda de Jesus à terra. Jesus veio e essa lei foi abolida. mas ainda existem coisas que estao em vigor, por se constituirem princios de Deus, como por exemplo, de que Deus fez o homem para coabitar com a mulher, e a mulher com o homem. E nao homens com homens e mulheres com mulheres. O ser humano faz tudo ao contrario da vontade de Deus. Assim como nao devemos trair as pessoas, o ser humano trai, nao devemos mentir, o ser humano mente, nao se deve fazer sexo com uma criança, mas o que vemos hoje em dia? grande numero de pedofilia. E olha que nem está escrito pedofolia na biblia, mas todos nós sabemos que é algo contrario ao princios humamos e divino. Entao, o homessuxalismo nao era pra acontecer, mas o ser humano decidiu fazer assim, decidiu que é bom, que nao tem problemas. Entao, aqueles que acreditam em Deus, tem que confessar, que nao foi plano de Deus, nem é da vontade de Deus que exista o homessexualimo. Podem até dizer que Deus nao irá castigar, tudo bem, mas nao digam que Deus fica feliz, simplesmente pq duas pessoas estao se amando (sexualmente tambem) sendo elas do mesmo sexo.

micheline-palmares@hotmail.com