You Got to Have Guts

sexta-feira, fevereiro 8

Confesso que tenho acompanhado com algum interesse as eleições primárias para a presidência dos EUA. Sabendo de antemão que o partido Democrata costuma reunir à sua volta quase a totalidade das minorias do país, já esperava à algum tempo que um dos principais candidatos falasse directamente à comunidade LGBT, o que eu não esperava é que a mensagem fosse tão pobrezinha e tão destituída de intenção. Ora vejam:

“(…) a candidata do Partido Democrata postou um artigo no site lésbico OurChart onde pontua, entre outras coisas, ter defendido o casamento gay em 2006. Hillary declarou querer mudar a opinião conservadora dos americanos à respeito dos homossexuais.(...)"
O que eu leio – Apesar de ter defendido em 2006 o casamento gay, se conquistar a presidência tenciono tentar mudar mentalidades antes de propor uma lei federal que legalize os casamentos gay.

"Meu pai era um conservador republicano que manteve pontos de vista muito tradicionais durante grande parte de sua vida. Nos últimos anos, um casal gay que morava vizinho à nossa casa foi quem deu o conforto que ele e minha mãe necessitavam". E completou: "se meu pai evoluiu, a América também pode evoluir".”

O que eu leio – Se forem bonzinhos pode ser que os conservadores vos encarem como seres humanos, e respeitem a vossa liberdade individual de contraírem um casamento de pleno direito.

Posso estar a ser falaciosa, mas a falta de coragem e a diplomacia politica irritam-me profundamente, ou então é só a síndrome pré-menstrual a atacar.

9 comentários:

Siona disse...

É engraçada a ideia do teu penúltimo parágraço... de facto, muitas vezes as pessoas LGBT sentem que têm de ser boazinhas, simpáticas, sensíveis, etc., para terem acesso ao mesmo tratamento que as pessoas não-LGBT que não são tão boazinhas e simpáticas.
E, muitas vezes, é só mesmo assim que conseguímos desconstruir o preconceito.

É triste. (suspiro)

(desculpem o desabafo aleatório)

Noivo disse...

infelizmente acontece sempre que se pretende aprovação!

Um outro Olhar disse...

Essa Sra, revelou hipocrisia no "discurso" que fez no ourchart, e penso que a comunidade L, irá dar-lhe a resposta que ela mereçe.


Assim é que deve ser a nossa palavra, no combate à homofobia e neste caso em particular, o político.

E mais não digo, pq fiquei azeda, com a Sra. Clinton, que sabe muito bem que: " È COM MEL QUE SE APANHA AS ABELHAS".
Kiss
ES

minerva disse...

Ora, ora, ora... já está melhorzinha a menina?? Estava tão ressacada...ai, ai, combalida, desculpa... lol
Olha não estamos um bocado Paranóides? Persecutórias? A senhora não é um anjo, mas tem que ser o diabo?
lol...
Já te tinha dito hoje que estou cheia de saudades tuas?
Estou cheia de saudades tuas...
As melhoras...
Beijos enormes

Um outro olhar disse...

Ainda cá voltei para corrigir a msg anterior:

Não se apanham abelhas com mel, mas sim moscas. Será?? Estou confusa.
Alguêm que me ajude, please.

Dahhhhhhhhhhhh

Beijos

AR disse...

Siona:
Concordo e deabafo desculpadissimo!

Noivo:
Cá ainda é pior... É o que nos vale :p

Um Outro Olhar:
Acho que essa coisa do ditado é "Não é com vinagre que se apanham moscas"... Com mel talvez seja ;)

Minerva:
Nem anjo nem diabo, podia era ter tomatitos, ou então não abria piu e o ppl votava na mesma (ou não)!
Também tenho saudades tuas minha querida... Beijo

DUCA disse...

Aqui entre nós que ninguém nos ouve, é melhor esse discurso que nenhum. sei lá, digo eu!

Beijo

água disse...

cara con-virtual.
olha que os conservadores, nem isso!(não esqueçamos q podem ganhar, com consequências mundiais!)
e entre o bem e o mal, que mal tem o bem?...antes de homossexuais somos pessoas, que sejamos boas pessoas :)
e ainda antes, vencer uma mulher ou um mestiço já seria uma grande vitória, e não é garantida.
cumprimentos

vasco disse...

não é ela que é especialmente a favor dos direitos dos homossexuais, são os outros que o são ainda menos...