Going Down

sexta-feira, outubro 6

Vão-me desculpar o desabafo! Mas nem tudo na vida me dá para rir. E hoje dói-me. Pensei em todas as razões para não fazer este post. Mas no fim apenas postei!

Dói-me o corpo, dói-me a cabeça, dói-me o sentir! Sinto a minha Alma a Rasgar mais uma vez…

Perdi-me de mim, algures numa longa caminhada! Perdi-me do meu sentir, perdi-me do meu corpo, perdi-me do que esperava de mim… Acima de tudo perdi tempo e a minha inocência, deixei de ser crédula e estou atrasada para a vida!

Há alguns dias que me sinto a rasgar de dentro para fora! Olho-me ao espelho e vejo uma pálida sombra de mim, sinto-me vergada às evidências, não posso ser eu aquilo que o espelho me devolve! E olho novamente, ele diz-me que de facto não era eu o que ele reflectia durante todos estes anos, e o que vejo agora sou mais eu do que nunca!

Tenho de me carregar daqui para fora (embora não só, que os amigos não me deixam), tenho de me reencontrar, tenho de ver como estou eu depois de tantos anos em que me deixei ao abandono no meio da rua!

Sei o que não quero! Sei o que não mereço! Sei como fiquei assim! Sei que é altura de me fazer a mim e à vida!

A dor passará, porque ela passa sempre! But it sting’s like hell, right now!

21 comentários:

Always disse...

Entendo bem o teu desabafo.
Os meus dias ultimamente são da mesma cor - cinzentos e submersos em nevoeiro. Vai passar, tudo passa, dizem. Mas enquanto não passa, doi e muito.

Aqui fica uma canção de Jane Siberry - "It Can't Rain All the Time" - para ajudar a afastar os dias em que chove na alma...

We walked the narrow path,
beneath the smoking skies.
Sometimes you can barely tell the difference
between darkness and light.
Do you have faith
in what we believe?
The truest test is when we cannot,
when we cannot see.

I hear pounding feet in the,
in the streets below, and the,
and the women crying and the,
and the children know that there,
that there's something wrong,
and it's hard to belive that love will prevail.

Oh it won't rain all the time.
The sky won't fall forever.
And though the night seems long,
your tears won't fall forever.

Oh, when I'm lonely,
I lie awake at night
and I wish you were here.
I miss you.
Can you tell me
is there something more to belive in?
Or is this all there is?

In the pounding feet, in the,
In the streets below, and the,
And the window breaks and,
And a woman falls, there's,
There's something wrong, it's,
It's so hard to belive that love will prevail.

Oh it won't rain all the time.
The sky won't fall forever.
And though the night seems long,
your tears won't fall, your tears won't fall, your tears won't fall
forever.

Last night I had a dream.
You came into my room,
you took me into your arms.
Whispering and kissing me,
and telling me to still belive.
But then the emptiness of a burning sea against which we see
our darkest of sadness.

Until I felt safe and warm.
I fell asleep in your arms.
When I awoke I cried again for you were gone.
Oh, can you hear me?

It won't rain all the time.
The sky won't fall forever.
And though the night seems long,
your tears won't fall forever.
It won't rain all the time
The sky won't fall forever.
And though the night seems long,
your tears won't fall, your tears won't fall,
your tears won't fall
forever.

A.

LiveJustNotSurvive disse...

Deixe-se dessas coisas, cabeça erguida, olhar em frente, o que passou já lá vai...
Aqui fica um excerto do "my way" interpretado pelo amigo Frank:

"Yes, there were times, I'm sure you knew
(Sim, houve momentos, que eu tinha a certeza)
When I bit off more than I could chew
(Quando eu mordi mais que aquilo que podia mastigar)
But through it all when there was doubt
(Mas, entretanto, quando havia dúvidas)
I ate it up and spit it out
(Eu engoli e cuspi fora)
I faced it all and I stood tall
(Eu encarei e continuei grande)
And did it my way
(E fiz à minha maneira)"

Beijaaaçççaaaaaaaaa

Marlene disse...

Sei exactamente ao que te referes...sinto várias vezes o mesmo, cada vez mais...

Mas ainda bem que tens coragem para acreditar que a dor passará! Porque ela passará sim... :)

Experimenta dizer essa frase ("estou atrasada para a vida!") em alto e bom som e procura dentro de ti se realmente faz sentido quando a ouves dita por e sobre ti...

Sei que já me "visitaste" e deves ter reparado que adoro esta música. Desafiaram-me a ouvi-la e senti que tem um grande poder...não quero parecer repetitiva, visto que já te "ofereceram" outras músicas aqui mas é que a considero realmente importante para mim. Espero que gostes:

"Mary", Scissor Sisters

"I love the tone that's in your laugh
Gasping for an extra breath
Waiting for the time to pass
I believe in days ahead
Don't spend another night alone
Cross and wishing you were dead.


Mary, you shouldn't let them make you mad
You hold the best you can
And Mary, after all the pain is gone
I'm always gonna live to be your man.


I've had it easy now you see
When I'm down you're always there
Standing by to comfort me
Someday we'll go round the world
I'll make the journey so sublime
I know you're not a travelin' girl.


Mary, you shouldn't let 'em make you mad
You hold the best you can
And Mary, after all the pain is gone
I'm always gonna live to be your man.


Cause I'd give everything I have
Forget all the things that bring me joy
If you could have one day
Pure and simple happiness
Until that moment comes
I'll be here where I've always been
I'm gonna be your friend
Until the day I die.


Mary, you shouldn't let 'em make you mad
You hold the best you can
And Mary, after all the pain is gone
I'm always gonna live to be your man.


(hold on....)"


Espero que já estejas a sorrir... :)
Abraçito!;)

carpe diem disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
carpe diem disse...

A dor faz parte do crescimento...
Mas bolas, podia ser um pouquinho menos pesada... Eu sei...
Um sorriso para ti...
Fica bem ;)

Miss Shirley B. disse...

AR meu amor, minha flor, não tenho nenhuma musica que te possa dedicar neste momento (também era só o que faltava ao fim destes anos todos de amizade) mas sabes que podes sempre contar comigo para o que der e vier. Inclusivé eu conheço uns senhores que por pouco dinheiro fazem transportes para o "além" de pessoas incómodas.

Wonder disse...

não sei que vento te devasta a alma
mas uma coisa sei nunca é tarde...
E podemos sempre mudar em nós tudo quanto nos apetece.
Pelo li, tem um bom apoio, hold on, hold on...
Depois da tempestade vem a bonança!

Guida disse...

A dor na alma parece k anda afectar muita boa gente.A minha também me dói.Dor de Amor.O paradoxo da situação.

Mas AR tu e todas somos enormes,só temos é que continuar a deixar o SOL brilhar nos nossos corações,apesar da névoa da vida.Força mulher

Carpe Diem

Kisses from Guida

whitesatin disse...

Se sabes o que não queres, se sabes o que não mereçes, pois, faz-te à vida com toda a coragem que existir dentro de ti. Pior não podes ficar, certo?
A dor? Sim, ela há-de passar. Mas não por algum passe de magia. Acabará eventualmente por exaustão. Quando definitivamente te cansares de a carregar contigo.
What doesn't kill you, makes you stronger.
This is my belief.
Um abraço,
com todo o devido respeito.

strangelove disse...

Um abraço forte amiga. A vida também nos dá vinho bom, tu sabes.

Cacau disse...

O tempo cura tudo...mas enquanto se demora dói e faz-nos cair no desespero.

Força!

Abraço

Entre os teus lábios disse...

Somente um beijo...

Ginja disse...

Pés no chão...Cabeça erguida...olhar em frente e de frente para ti mesma...Iniciar a caminhada...
Beijo AR

The City Lights disse...

Hey AR,

life goes on.....e sabes que mais....o que nao nos mata....torna-nos mais fortes....e mais perspicazes para a proxima que acontecer....se acontecer....se o permitirmos!

Nada que uma excelente tarde passada com os amigos, os verdadeiros, nao cure!
Beba-se uma bejecas....fume-se um ou outro cigarrito....e a conversa que va fluindo ate chegarmos ao fim com um sentimento bem caloroso das pessoas que nos querem bem!Daquelas que estão perto e das que estao longe, ou nao conhecemos.....neste caso....envio-te uma super força de optimismo de energia....de good vibes!
;)

excelente domingo!

Anonyma disse...

Ninguém está atrasado para a vida AR...só quem já não vive.
E a dor miúda? A dor faz parte da vida, não é fácil e há dias assim...mas faz-te crescer.
Receitas para a tua viagem?
Não tenho.

DUCA disse...

Sei como te sentes, mas lembra-te que

Quem perde os seus bens, perde muito; quem perde um amigo, perde mais; mas quem perde a coragem, perde tudo.

(Autor desconhecido)

Um beijo

AR disse...

Caros amigos e amigas:
Um profundo agradecimento pelas palavras de alento, pelos mimos e pela compreenção...
Obrigada!

Permitam-me uma palavra especial para os meus colegas de Blog, por quem nutro amizades apaixonadas:
Como não me deixam que eu vos agradeça, resta-me dizer que os meus amigos são a familia que eu escolho e voçês meus car@s estão convidados para um almoço ou jantar em familia!

estreladonorte disse...

Arriba, guapa caballera!!! (sabes de onde vem a citação deste «arriba»? Não te vou dizer... a tua geração já não sabe destas politiquices à espanhola...)
Yo me quedo también, mas tengo una razon de peso: la maldita gripe!!! Saudaciones solidarias!

Legna disse...

Tudo isso faz parte da vida... e diz-se por aí que a dor nos faz crescer, e que um dia passará...
só nos resta a esperança que "esse dia" venha rápido!!!

Um abraço virtual...

AR disse...

estreladonorte e legna:
Gracias!!! Melhoras da gripe estrela!

estreladonorte disse...

Obg....... tchim!!!... :-(