Let's fall in love

quinta-feira, outubro 5

Esquecendo ou recordando a festa, criticando positiva ou negativamente a mesma, façam isto para serem felizes nas próximas festas e afins... Uma música da banda sonora da primeira série do L word.

"We might have been meant for each other
To be or not to be, let our hearts discover
I have a feeling, it's a feeling
I'm concealing - I don't know why
It's just a mental, incidental, sentimental - alibiBut
I adore you, so strong for you
Why go on stalling,
I am falling, love is calling - why be shy
Let's fall in love
Why shouldn't we fall in love
Our hearts are made of it, let's take a chance
Why be afraid of it
Let's close our eyes
And make our own paradise
Little we know of it, still we can try
To make a go of it
We might have been meant for each other
To be or not to be, let our hearts discover
Let's fall in love
Why shouldn't we fall in love
Now is the time for it, while we are young
Let's fall in love"

... interpretado pela grande Ella Fitzgerald... para ti... para mim... para todos os que quiserem ver e viver a vida assim!

7 comentários:

Guida disse...

Para ti Livejustnotsurvive pela tua bela sensibilidade poética que demonstras nesta pequena maravilha que deste da musa Ella Fitzgerald,reajo da seguinte forma:

"O tempo é muito lento para os que esperam, muito rápido para os que têm medo, muito longo para os que lamentam, muito curto para os que festejam, mas para os que amam, o tempo é uma eternidade".
William Shakespeare

"As mais lindas palavras de amor, são ditas no silêncio de um olhar"
Leonardo da Vinci

"O Amor é a melhor música na partitura da vida.Sem ele tu serás um eterno desafinado no imenso coral da Humanidade"
Raquel Schneider

DUCA disse...

E eu deixo este belísimo poema de Safo:

A uma mulher amada

Ditosa que ao teu lado só por ti suspiro!
Quem goza o prazer de te escutar,
quem vê, às vezes, teu doce sorriso.
Nem os deuses felizes o podem igualar.

Sinto um fogo subtil correr de veia em veia
por minha carne, ó suave bem-querida,
e no transporte doce que a minha alma enleia
eu sinto asperamente a voz emudecida.

Uma nuvem confusa me enevoa o olhar.
Não ouço mais. Eu caio num langor supremo;
E pálida e perdida e febril e sem ar,
um frêmito me abala... eu quase morro ... eu tremo.

Marlene disse...

Sorrio-te agora que te descobri e sorrir-te-ei mais vezes. Voltarei.
:)

Bandida disse...

Bravo! Gostei muito do teu blog! Hei-de voltar! Embora a passividade dos dias seja constante, de vez em quando há gente a arejar-nos o cabelo... :)

Always disse...

Let's just do it and not fall in love! Desculpem, mas estou em fase de rescaldo do amor... :(

NoZ disse...

Definitivamente let's!

Wilza disse...

Maravilhoso blog. Parabéns! Essas gravuras(desenhos) e fotos vc conseguiu onde? São perfeitos. Um abraço e um ótimo 2008.

Wilza Saraiva