LesboaParty Críticas (Re)Construtivas

domingo, outubro 1

1- O espaço era muito bom mas mal aproveitado!

2- Podem variar a música numa próxima!

3- Podem colocar um bar na imensa varanda (assim seriam dois, um dentro e um fora).
3.1- O único bar com 2 barmen e 2 barwomen não conseguia dar vazão atempadamente aos clientes (tempo de espero, cerca de 25minutos por uma bebida).

4- Podem variar as bebidas (de qualquer forma, para o escoamento que não existia, servia bem a variedade).


Resumindo e concluíndo, o espaço era bom, a vista para o tejo era boa, aparentemente tudo era bom, de qualquer forma, espero que numa próxima seja bem melhor! De qualquer forma, era festa piloto, para a próxima é bem melhor, acredito.

P.S: Opinem sobre a festa, digam o melhor e o pior.

7 comentários:

Anónimo disse...

Confesso que não gostei da festa!! O tempo de espera no bar não se aguentava, o som estava péssimo, e sim o espaço estava muito mal aproveitado!!!
Saudades da FESTA MULHER ARANHA na Casa Conveniente!!

Anónimo disse...

Tenho a dizer que achei a festa da mulher aranha mto aquém do que deve ser uma festa. Mais parecia um grupo extremista reunido num buraco escuro, muito underground e a tentar passar o mais despercebido possivel. Parece que tem medo de divulgar eventos deste tipo.
Houve sim falhas na festa, coisas a melhorar para próxima esperemos. Mas a apreciação geral foi positiva.

ana susy disse...

bem antes de falar da festa quero te dar os maiores parabens pelo blog... gosto e admiro a naturalidade com que falas de ti e do que te rodeia... parabens
em relação a festa gostei ouve muitas falhas sem duvida. mas sou da opiniao de quem faz uma festa sao as pessoas e ai...minhas meninas tivemos lá! como disse no post que deixei no blog da festa foi a 1 vez que estive num evento lgbt.por isso e á falta de termo comparativo dou sem duvida nota maxima...
beijos

Sarah disse...

Antes demais, Parabéns pelo o blog, ja faz parte da routina, dar por aqui um saltinho! está fantástico ...

Quanto á Lesboa Party, para além de todas as criticas, achei oportuno e produtivo, a realização dum evento como este... a estruturação e organização nao foi das melhores, mas de certeza que este será apenas a Porta de acesso para uma sucessão de futuros eventos com qualidade, que possa ser reconhecido a nivel internacional.

estreladonorte disse...

Música, qual música???? bem, esta juventude, afinal, é bué generosa! Quem havia de imaginar...

estreladonorte disse...

Ah, e fiquei a saber que deve ter havido uma revisão vocabular bastante significativa do capítulo bebidas e líquidos conexos do dicionário de lingua portuguesa, porque não sabia, de todo, que existiam caipirinhas com tamanha dose de acúcar, com os cubos de gelo inteiros e a lima por desfazer. Darlings, o resto da festa estava normalissima à maneira de uma geração que se habituou a celebrar o vazio, as imagens das piquenas eram a única coisa realmente boa e fora dos esteriotipos, mas quanto ao resto, e sobretudo aos liquidos e aos gasosos, isto é, aos ruídos de fundo, estamos conversadas. Não fosse eu não resistir a estar entre iguais de vez em quando, diria que não repetiria. Mas e repetirem, por favor, vejam o raio das bebidas, ok? É que entre outras coisas, podiam triplicar a facturação... Ah, e mais a mais que há gaijas por aí especialistas nisso, eu conheço algumas desempregadas, qualquer coisita é só dizerem. Eu arranjo-vos uma amiguitas que percebem da coisa.

portugalgay disse...

Bem... pelo que leio parece que a festa está muito longe de ser a "maior festa LGBTH de Portugal"... no Porto, a festa Porto Pride teve sempre pelo menos 6 barmans de serviço non-stop das 23:00 às 8:00 e mesmo assim não deram para as encomendas...