Imaginário ao fundo

terça-feira, novembro 21

Ao fundo do mar, bem entendido.

Ainda na onda do tema "sex toys" e afins e juntando o espezinhamento do meu imaginário de toda a vida, deixo aqui a minha visita a Hampton Court em que cometi o erro crasso de levar a C.

A cada visita anual que eu fazia a Londres Hampton Court era paragem obrigatória. As razões eram as mais diversas. O palácio é simplesmente lindíssimo, Herefordshire é uma zona belíssima, os jardins de cortar a respiração e ainda por cima o palácio tinha sido residência do rei Henrique VIII, personagem sobre a qual eu bebo toda e qualquer informação.

Assim à partida não há grande ligação entre Hampton Court e sex toys. Pois, isso era o que eu gostaria até porque esse palácio fazia parte de todo o meu imaginário de coisas imaculadas, perfeitas, etc. e tal.

Nessa visita resolvi levar a C., afinal é suposto gostarmos de partilhar as "nossas" coisas com as namoradas (ideia que eu já abandonei por completo).

Assim que o palácio ficou à nossa frente ela ficou tão apaixonada como eu, ele (o palácio) é de facto de cortar a respiração. Avançamos para a bilheteira, depois para a sala onde podíamos ir buscar o walkman com as visitas guiadas. Escolhemos a língua, ela o português eu o inglês e avançamos para a visita.

Pouco mais de meia hora tinha passado e estavamo a passar nos diversos salões e quartos quando ela me chama e diz "olha lá aquele quadro". Olhei. "Sim?", retorqui sem saber muito bem o que é que ela queria dizer com aquilo. Era o quadro de uma mulher semi-nua, algo perfeitamente natural dada a época que estava ali retratada. "Ela tem uma cobra pelos ombros a descer-lhe para o peito". Juro que não estava a perceber onde raio ela queria chegar. "E?", aventei já largamente a passar-me da caixinha dos trocos. "A cobra devia ser o vibrador de mamilos da época", disse ela assim a seco.

Meus amigos, aquilo para mim foi uma entrada a dois pés. Dava direito a cartão encarnado directo. "Quê???", quase que gritei. "Pensa bem, não é muito diferente do que vimos ontem nas sex shops por onde andamos no Soho". A minha alma nem queria acreditar naquilo. Estava eu no meu sítio solene, de culto, a beber toda a cultura que o palácio e a sua história emanava e ali vinha com aquela imagem e deitou por terra todo o meu imaginário!

Digo-vos que o resto da visita se processou num autêntico sobressalto e não voltei a olhar para Hampton Court da mesma forma. A imagem dos vibradores de mamilos que tinha visto na loja na noite anterior e a imagem daquele quadro levou-me a processar imagens e filmes de coisas altamente "estranhas" que se teriam passado naqueles salões.

Moral da história: não ir visitar um palácio histórico no dia seguinte a visitas de estudo a diversas sex shops onde se vê de tudo e se imagina muito mais.

Nota de pé de post (footpost): AR, que bem entaladinha que ficaste!!!

17 comentários:

Miss Shirley B. disse...

Mas que tragédia, essa visita. Arruinou-te por completo a imagem imaculada que tinhas do local...Hehe
Não ficaste com vontade de enforcá-la com a primeira cobra que visses passar?
Já agora, perdoem-me a minha ignorância, mas o que raio é um vibrador de mamilos?

Shaken but not stirred disse...

Miss S. B., eu própria também estava totalmente na ignorância até me passear pelo red district londrino (sim, não é só a AR que tem direito a estória em bairros às cores).

Estás a ver os cabos para carregar as baterias?? Pois, agora vai diminuindo o tamanho até chegares a um size razoável para o mamilo... depois é vê-lo (ou senti-lo) a vibrar!!!

Quanto a estrangular a outra... passaram-me várias coisas violentas pela mona, sim!!

Miss Shirley B. disse...

AAAAHHHH
Porque não disseste logo?
São "tit-clamps". Adoro!
Mas digo-te uma coisa. Perversa, essa tal de C. Uma cobra?

Shaken but not stirred disse...

Uma verdadeira cobra, meu amor... uma verdadeira cobra ela própria :-)

Alpha female disse...

A líbido tem destas coisas, muitas vezes solta-se nas alturas e locais menos apropriados.
A cobra sem foi vista como um animal muito erótico! A tua amiga C apenas reagiu ao estímulo. Lololol

AR disse...

Shaken:

Essa nota de roda pé...
Tu a Miss Shirley e a City estão a picar-me, desde há 6 posts...O que se passa? Fundaram um club as meninas (pegar no pé da desgraçada da AR)? :p

Anónimo disse...

ahaahahahah.... loloololo.... eheehehehe... hihihihihih.... Aiiiiii, já me doi a barriga!!! Que história fenomenal!! :D Lembra-me coisas muuuuiito agradáveis!!

Shaken but not stirred disse...

AR, era pior se fosse para pegar no teu dedo visto que está lesionado!!!

ah ah ah ah

The City Lights disse...

AR,
epá nao me digas que te picaste nas roseiras????!!!!!!!!!

;)

(ps: ficas o maximo quando "picada"!)

Quanto ao post.....realmente que visão dos infernos.....o humor da outra pikena quase que bate "as alegrias num cemitério"!!!

Shaken but not stirred disse...

Ai o canudo que eu ainda vou ter que me incomodar!!!

IM WONDER disse...

Alguem me explica esta histeria dos toys?
Compreendo que possam ser um "aditivo" interessante mas nada que justifique tanto post sobre o tema...
Aguardo esclarecimentos,
Com os melhores cumprimentos,
WW

AR disse...

WW:

A temática dos brinquedos aparece com a provocação feita na última Poll. Logo no primeiro post, sobre os Toys, foi explicado que se iria dar início a uma série de posts sobre o tema. Desta feita foram postados 4 textos, todos de pessoas diferentes (3 do Blog e 1 contributo). Embora possa parecer excessivo, será importante ressalvar a diversidade das abordagens à temática!
Mais do que uma histeria sobre brinquedos, são diferentes experiencias sobre encontros imediactos com os mesmos, e tal como com os aliens, todos muito interessantes...
Retribuimos os melhores cumprimentos,
P´la Direcção da Toy's R Us

IM WONDER disse...

A menina tem muita graça! Já agora a partilha de testamentos sobre o tema interessa realmente a quem para alem do envolvidos?
Toys R US dont u mean Boys R Us?

AR disse...

WW aka Im Wonder:

É mesmo Toys uma vez que deles falavamos, se estivessemos a falar de som, copos e diversão a norte, talvez fosse o Boys!
Agora para tentar responder à sua pergunta: Pois, efectivamente não sei! Tal como, não sei a quem interessam todos os outros posts! Mas com 17.000 hits em 6 meses...

IM WONDER disse...

AR a menina andas excessivamente sensivel, não se pique por tão pouco!
Bejo na Bunda até segunda

wind disse...

Li os 4 posts de enfiada e ri a bom rir:)
Só vocês para me fazerem soltar umas boas gargalhadas:)
Obrigada;)

AR disse...

Pronto! Alguém me explica... Agora em vez dos 3 suspeitos do costume, junta-se a Im Wonder à festa... Um club de 4 elementos a picar a AR... Mais alguém para a festa???