Toys Again!

segunda-feira, novembro 20

A 1ª vez que entrei numa sex shop foi em Amesterdão (de referir já, que consegui lá ir duas vezes, e vir embora sem conseguir uma única história temática, nem a um bar temático tive oportunidade de ir… Eu sei, desperdício!). Fui com um amigo meu straight, que na altura não sabia que eu era da equipa.

Depois de uma visita ao museu do sexo, resolvemos enveredar pelo “red light district” para explorar o cenário. O meu amigo vinha com duas ideias fixas de Portugal: 1- comprar sex toys; 2- fazer uma massagem tailandesa. Eu, que sempre fui mais comedida nos meus quereres, queria apenas conhecer todas as coffeshops da cidade.

Depois da volta de reconhecimento resolvemos entrar na nossa 1ª sex shop. Lembro-me de estar “ligeiramente” alterada, e que o primeiro impacto foi tenebroso.

Ele dirigiu-se com um ar entendido para os brinquedos e eu fiquei na zona das revistas da especialidade, entendi que devia ter mais informação, antes de avançar para os instrumentos propriamente ditos. Meu Deus o que eu aprendi nessa tarde… Bestialidade, fisting, gold e dark shower, tipologias de brinquedos e suas diversas utilizações, fantasias, sado-masoquisimo, etc., etc., etc. Eu estava iluminada e chocada com o que via (nunca mais voltar à zona das revistas, informação a mais pode ser prejudicial)!

Saímos daquela loja, com o intuito de procurar uma que fosse mais arejada e com produtos de melhor qualidade. Fora do “red light” lá encontramos, segundo nos disseram, a melhor (era bastante boa, mas deixem que vos diga, a melhor que eu já vi foi aqui em Portugal, linda, mesmo para quem não gosta de brinquedos, quando tirar a poll eu deixo a apreciação do sitio e as indicações).

Entramos, desta vez eu iria aos brinquedos, ver, mexer, perguntar, etc. O meu amigo não sabia bem o que levar, queria tudo e tudo não era bem aquilo que ele queria. Ora então, nada como explorar, perguntar e pensar todos os prós e contras (já vos disse que ele não sabia que eu era, certo? Já estão a ver a festa)!

Depois de vermos tudo, de revirar todos os objectos para ler as instruções e precauções, resolvemos passar à inquisição (vou postar em português, mas a maior parte da informação foi pedida e dada em inglês, pelo que, o que estiver assinalado de asterisco é uma tradução livre de inglês).

Ele – Quais são os melhores? Os que mais vendem? *
O Sr. a mostrar um vibrador prateado e grande – Este! É o mais simples, mas acaba por ser o que tem mais saída…*
Ele – Qual é o tamanho dele? *
Sr. – 21 cm de comprimento, por 4 cm de diâmetro, tem duas velocidades e é lavável. *
Ele – O que achas AR?
Eu (como é que eu não me lembrei que ia ser chamada a opinar?) – O que acho? Bem, ele feio não é!
Ele – Sim, mas não é isso. Do tamanho?
Eu (eu sei lá de tamanhos! Qualquer tamanho a cima do comprimento médio de um dedo já sobra!), (pensa depressa – Ora, Deus que sabe o que faz, e segundo me dizem o comprimento médio do cidadão masculino é de 15 cm!) – O tamanho parece-me, han… um pouco grande!
Ele – Achas? Grande?
Eu (reformula – Ora, se é o mais vendido, é porque há quem precise de mais centímetros!) – Pronto, grande grande não é! É grandito!
Ele (levanta o sobrolho) – (…)
Eu (ainda não está satisfeito, bolas! Ora, quem faz estes instrumentos são homens. Eles têm questões com os tamanhos. Vamos devolver a pergunta, pode ser que me safe.) – É maior que o teu?
Ele – É ela por ela…
Eu (ou mentiu, ou ena pá!) – Então qual é a questão? Para isso tens o teu! Arranja um diferente.
Ele – Mas este é diferente, vibra!
Eu (esta era escusada) – (…)

11 comentários:

The City Lights disse...

AR,

lololololo.....desculpa....genial!!!

Mas com tantas idas e vindas polémicas, ás sex shops ..... estou a ponderar seriamente em enviar-te pelo natal....um Kit completo.....jardinagem!!!!!

Afinal ... saõ ferramentas ... a pilhas ou nao ... os tamanhos variados ... existe imensa literatura ... e com um bocadinho de sorte ... ainda vem a boneca incluida!!!!
;)

Quanto ao teu amigo, porque é que nao lhe disseste:"Caríssimo....do extintor...para lá!"....podia ser que se tocasse!

bicho disse...

lololol... Muito Boa!!

Shaken but not stirred disse...

Nem sei bem por onde pegar na coisa... se no "Qualquer tamanho a cima do comprimento médio de um dedo já sobra", ou no "Para isso tens o teu! Arranja um diferente", ou ainda no "Mas este é diferente, vibra"!

Quando conseguir emitir qualquer opinião sem que o meu pensamento resvale totalmente para o outro lado eu volto!!

(AR, se vens aqui dizer que o meu pensamento resvala sempre temos problemas... ah pois temos)

Always disse...

A tua história é gira, mas eu cá compro tudo por catálogo!
Por falar disso, gostava de aproveitar a deixa para publicar um pequeno anúncio:

VENDE-SE

Strap-on como novo - dildo de material maleável, 22 cms, design realista e straps de cabedal (made in UK). Muito resistente!
Com embalagem de 20ml de óleo lubrificante (sem cheiro) incluída.

À melhor oferta.

Narizinha disse...

Ehehehe fantástico ar!!
A única vez que entrei numa sex shop saí de lá com um homem a seguir-me... nunca mais entrei numa!!
:o)

Miss Shirley B. disse...

Gostei da parte do "para isso já tens o teu" LOL...Já pensaste que o teu amigo tem o "dele" para tudo, menos para aquilo que ele "realmente" quer?
AAhh ele é "straight"...mas a pergunta mantém-se!

Com toda a razão, a melhor loja da especialidade é mesmo em Portugal.
E agora ficaram todas curiosas.

Shaken but not stirred disse...

Always, e há disso "como novo"??? Tipo "usado e aprovado"???

Miss S.B., que maldade a tua deixares as moças todas curiosas! Tu és danada! E essa pergunta dele se manter também me passou pela cabeça mas com a "Qualquer tamanho a cima do comprimento médio de um dedo já sobra" a latejar-me na cabeça não consegui articular mais nada!

Alpha Female disse...

21 cm de comprido e 4 cm de diâmetro??? Puxa, só se for para mandar uma mulher pró hospital! Ouvi dizer que até as prostitutas fogem de gajos com centímetros a mais! Mas ok, no imaginário erótico masculino os centímetros são muito importantes e eles são todos muito avantajados e excelentes, claro!

Always disse...

Shaken but not stirred:

Usado sim! Dei-lhe o uso que me pediram.
Aprovado, enfim, também, com palmas e bravos... por uma ex-namorada straight, mas é mais uma questão de jeito e de técnica do que de tamanho!
Despachável, tal como essa namorada, ninguém me pede para brincar com ele - foi um mau investimento!

Como novo - em óptimo estado!

Shaken but not stirred disse...

Always, experimenta leiloar no miau... vende-se lá de tudo, se calhar até strap-on's!

Always disse...

sahaken but not stirred

LOL... Se aqui ninguém estiver interessado, passo à fase seguinte: Ebay! Vai vender num instante e até vou ter lucro! ;)