(in) Madrid

domingo, fevereiro 25

Pois é, após ter renunciado a minha parte activa do blog por tempo (in)determinado e após sucessivas discussões conjugais (brincadeira) com a AR, o amor da minha vida, cá estou eu de volta.

Gostaria de comentar a terceira edição da Lesboa, mas (in)felizmente não estive presente. E porquê? Porque não gostei da primeira? Consequentemente não pus os pés na segunda?!... Enfim... nada disto.

Pois é, precisamente na noite da Lesboa Party, estava eu, em plena noite de Madrid.

Ainda ponderei ficar cá por terras lusas, para assistir à Lesboa, mas Madrid falou mais alto, a noite de Madrid, salvo seja.

Para além do grande motivo que me levou a Madrid, a ARCO, Feira de Arte Contemporânea, semelhante à de Lisboa, mas em grande escala, mégalomana mesmo. Passo a contar a ronda na noite madrilena.

Passando pela zona do Tribunal (género bairro alto, sem subidas e consequentes descidas) , Gran Via (discotecas), onde se vêm pessoas do género mais variado, chegámos à Chueca, mais precisamente, a zona gay da noite de Madrid.

Despojada de preconceitos, ambiente excêntrico, do mais diverso possível. Confundiu-nos um pouco, visto que estávamos no fim-de-semana do Carnaval, então não sabíamos bem se vimos travestis mascarados ou mascarados de travestis... ;) (foi tema de discussão entre mim e o pessoal, maioritariamente hetero, do grupo)

Brincadeira à parte, as mulheres vestem-se e produzem-se como se não houvesse amanhã (usando um estojo de maquilhagem por noite), não sentimos o estereótipo excessivamente marcado, tanto nas mulheres como nos homens.
Há de tudo, verdadeiramente de tudo!

Quando houver uma Lesboa, não deixem de ir a Madrid!


P.S Os senhores da imagem foram os causadores dos nossos momentos confusos

6 comentários:

(' ') disse...

Pois a outra senhora bem q me avisou e até tinha ficado mais baratinho ter ido a Madrid...mas q se lixe!
Para a próxima, o "tiro ao Arco" vai ser por "otras calles ó por supuesto q si"!!!

wind disse...

Sempre ouvi dizer que a noite em Madrid era de loucura:)

As vossas vizinhas disse...

A noite pelos cafés, bares e discotecas da Chueca é fantástica e encontra-se gente muito simpática (e bonita!). A ir e a ir sempre que possível, sextas e sábados.
Perigosos, são os restaurantes da moda (gay fashion) pagas, pagas e em fome nadas!!

(' ') disse...

E Barcelona?!E as ramblas e mais não sei o quê do Gaudi e assim para comer el Bulli, ai, ai, ai...

Ai chiquititas, e até mesmo ali Ciudad Rodrigo q ao fim de alguns copos já é mais "cuidado rodrigo" ou, quiçá, Cáceres e Salamanca com os seus polos universitários, ehehehe.

"Eh biba espanha, olé"!!!

LemonTea disse...

Sim, vale a pena conhecer e viver a noite na Chueca! - só dá é vontade de lá ficar por tempo indeterminado!... ;)

lua ( disse...

aaiiii!!!! estamos de malas feitas, e em via verde para madrid, eu e a minha mulherzinha e mais uns amigos por lá ficaremos uma semana! ;)
Pelos vistos vai ser giro, e como já não é carnaval pode ser que consigamos distinguir umas e outras... (ou então não... ;) )