Panteras de Garras de Fora

terça-feira, maio 15

Amanhã dia 16 pelas 16:30 em frente ao Ministério da Saúde, as Panteras Rosa vão realizar uma acção pública contra a proibição de sangue por dadores homossexuais.

"A acção consiste em irmos ao Ministério fazer uma entrega simbólica de sangue de dadores homossexuais. Para isso, teremos material como o que é usado nas colheitas de sangue, os invólucros de plástico e o tubo que liga à agulha, vamos enchê-los de tinta vermelha e simularemos estar a doar sangue. Teremos t-shirts envergadas que dirão "(Sangue): Continuamos à espera. Os Hospitais também".
Esta acção serve o propósito de assinalar o Dia Mundial da Homofobia, a 17 de Maio. Para quem quiser participar a morada é: Avenida João Crisóstomo, nº 9 (entre a Av. da República e o Jardim do Arco do Cego). Para mais informações contactar: panteras.lisboa@gmail.com

Informação recebida por e-mail.

3 comentários:

Anónimo disse...

http://www.ipsangue.org/maxcontent-documento-60.html

Onde é que está indicado que um dador homossexual não pode dar sangue?

sérgio vitorino disse...

Do site da IPS, esse critério foi retirado no ano passado, dias depois de as Panteras Rosa realizarem uma outra acção sobre o tema, portanto, não, não está lá desde 2006.
Nos questionários que os dadores têm de preencher, no entanto, a pergunta continua lá.

Anónimo disse...

Tem razão científica de ser: grupo de risco.E muito bem colocada, é assim mesmo, triagem com base científica e em critérios de Saúde Pública. E não em protestos de lobbys e minorias...