Conversas na Net

segunda-feira, agosto 13

Tem-se desenrolado na blogoesfera uma discussão interessante sobre a identidade sexual, a propósito dois temas, o primeiro sobre a prática do sexo anal, a segunda sobre o barco, na Pride de Amesterdão de 4 de Agosto, que era composto por jovens gays dos 11 aos 16 anos acompanhados pelos pais.

Eu não sou de participar nestas discussões, nem quando o meu interior entra em estado de sítio e quer vir cá para fora, por dois singelos motivos; primeiro porque este tipo de discussão acaba quase sempre em agressões verbais e eu sou pela paz; segundo porque considero a liberdade de expressão como o maior bem que temos, seja para fazer um blog como este, seja para fazer um blog homofóbico. Participar em discussões (que considero ser saudável e desejável) para mim, só faz sentido se as pessoas estiverem de mente aberta, que as suas opiniões não sejam rígidas e bem estabelecidas nas crenças individuais de cada um, e este não é o meu caso, sobre as questões LGBT tenho ideias muito claras, logo, não vou discutir.

Mas tropecei em dois textos (linkados no Womange a Trois) que me deixaram agradavelmente surpreendida, que já agora gostaria de aqui deixar para quem tiver curiosidade. “Uma falácia dentro de uma imprecisão mascarada de uma evidência” & “Uma conversa que nunca acaba”.

3 comentários:

Sonia Pallone disse...

Seu espaço é mágico, sedutor, inebriante, inteligente, atual...Adorei estar aqui, li todos os posts da página e cumprimento você por todos eles...Agora... "to be or not to be? is the question!!!!" Beijo linda criatura.

Teresa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maria Papoila disse...

Os rótulos colam-se à pele, não gosto deles, gosto de gajas e pronto. Não há escolha.