A Cura para a Homossexualidade

sexta-feira, novembro 9

Parece que alguém encontrou a cura para a homossexualidade! Espantem-se aqueles que achavam que Portugal não poderia trazer nada de novo ao mundo! Porque foi mesmo cá pelo burgo que uma Sr.ª anunciou que “ A homossexualidade é um complexo, um transtorno da identidade sexual. É uma doença e tem recuperação”. A Sr.ª chama-se Margarida Cordo, Psicóloga e Terapeuta Familiar. (In Visão, ou para ler mais em Conhecimento do Inferno)

Depois de me ter rebolado de alegria pelo chão da sala, começaram a surgir perguntas neste meu cérebro nem sempre inteligente (o chão da minha sala tem este efeito em mim, especialmente quando me rebolo).

As perguntas:
Antes de mais, apreendi no 11º ano na disciplina de psicologia, que em psicologia só existia um complexo, o de Édipo (até o de Electra, já o deixou de ser, passou a Édipo também). Nenhum outro transtorno, sindroma ou patologia poderia ser denominado de complexo. (Mas há que dar o desconto, todos sabemos que o ensino publico em Portugal não é grande espingarda. Se houver algum psicólogo a ler que se chegue à frente e confirme, ou não, o que me ensinaram há 15 anos).

1ª Pergunta – Será que a Sr.ª inventou um novo complexo para a ciência da Psicologia?

Depois, ao que parece a Sr.ª chegou a esta conclusão depois de acompanhar 4 casos (sim, 4 leram bem) de homossexuais que se queriam “curar”, chegando à conclusão que a recuperação é possível em 30% dos casos.

2ª Pergunta – Será que um tratamento com 70% de probabilidade de falhar poderá ser considerado um tratamento?

A APA (American Psychiatric Association) depois de 35 anos de investigações decidiu em 1973 retirar a homossexualidade da sua lista de doenças mentais e emocionais, evocando que, “a homossexualidade, por si e em si, não está associada a qualquer distúrbio mental, emocional ou social”.

3ª Pergunta – O que saberá esta Sr.ª com os seus 4 casos, que as mais prestigiadas associações e organizações (incluindo a Organização Mundial de Saúde) não sabem?

Mas o que me deixou completamente intrigada é que a Sr.ª por fim diz que: “A meta é conseguir a monogamia e o aprofundar de laços com o cônjuge.”

4ª Pergunta – Eu sou monogâmica e tenho relações bem aprofundadas com a minha namorada, será que estou curada? Posso sair pelo mundo a gritar que sou hetero? E os meus amigos straights que já saltaram a cerca, posso chama-los de homossexuais e insulta-los com nomes feios, tipo: “Sua Lésbica, volta para o teu marido” ou “Larga a tua amante seu Gay”?

22 comentários:

Diabba disse...

Há sempre uns iluminados que descobrem "a verdade"!!

Convenhamos que 4 casos, são mais que suficientes para derrubar o que até agora já estava assente!

Não estará a escrever a tese de doutoramento com base nisto?? (gargalhada)

beijo d'enxofre

Shaken disse...

AR, pela Santa Tartaruga! Quando é que metes na cabeça que nunca estarás curada seja qual for a maleita????

Ai a minha vidinha!!!!

isabellalembi disse...

Ora pois, que portuguesa ilustre, hahaha!
Adorei o seu cantinho aqui e pretendo voltar!

Passa no meu blog tb: http://www.larissismo.blogspot.com

Abraço! Isabella

Anónimo disse...

adorei a 4ª pergunta :))))

Miss Shirley B. disse...

Ó melher, vê lá se consegues uma consulta urgente para esta Terapeuta familiar e vamos os dois, tipo família disfuncional. Damos cabo da Sra. em 3 tempos. Se já o fizemos com outras também podemos fazer com esta!

Memory disse...

Porque será que os ''nossos iluminados'' nunca recebem o premio Nobel??.....Será porque são tão bons, tão bons, que estão muitos patamares acima do normal dos mortais?....Penso eu de que.....

Um abraço

Narizinha disse...

Estou curada!! Estou curada!!! Vou já avisar a minha mãe, vai ficar feliz da vida!!

(ops, lembrei-me agora, agora tenho um novo amor na minha vida, ou seja, tenho dois... bolas, já não sou hetero!)

SHANE disse...

Ar arranjenos o endereço da doutora, q isto nunca se sabe. So tenho 2 problemas acho q a minha "doença" e hereditaria e outra, nao sou monogamica, acho q nao tenho cura! :´(((( Ah se calhar a Sra. doutura vai inventar o complexo da fufa. Lololol....baseada na teoria q tudo começo com uma mulher despeitada por um homen, começo a andar c as outras pra ele ñ ter mais ninhuma. (acho q estou msm a precisar de uma consulta)

Anónimo disse...

O que escandaliza mesmo é uma publicação como a "Visão" dar voz e destaque a esta pseudo-iluminada.
Já agora, segundo esta terapeuta familiar (terá tirado o curso onde e em que século?) a homossexualidade é uma doença, será que temos direito a atestado médico? :))

Dantins.

Minerva disse...

Se ela fosse organizar a casa dela - Telhal - que é uma tristeza em termos profissonais fazia melhor. Ah!... Esqueci-me! Ela não sabe fazer melhor!!!
Beijos de Saudades
Mi

outra disse...

eu tb li, eu tb li! nem sabia bem s rir s chorar.. ahah, criminoso no minimo ler isso na visao..! fiquei feliz por chegar aqui e saber q n sou a unica a contoncer-se com tal idiotice.. gostei também particularmente quando no mesmo artigo se fala em bissexuais e homossexuais q casam com alguem do sexo oposto, referindo-se q nalguns casos "tais pactos revelam amores genuinos, que tornam o genero numa questão secundaria". Bom.. serei eu a unica pessoa aqui q axa q um homossexual q tem um amor genuino por alguem do sexo oposto é um bissexual? e nesse caso, qual o espanto..?
e eu q odeio etiquetas..

*

ML disse...

Seguindo o raciocionio do anonimo, se é uma doença, e tivermos direito a atestado médico, vai haver mta gente a pular a cerca, só pa meter baixa, e receber do fundo de desemprego! ahah
a xo dotora veio espalhar o panico e gerar uma onda de choque tal é a burrice!
A inteligencia quando foi distribuida, nao foi com base em principios de igualdade...temos pena xo dotora, nao canse o tico e teco a remexer em assuntos sobre os quais nao tem conhecimento suficiente para formar qualquer tipo de racicionio logico!
De qualquer forma, em relaçao a questao, bissexual, homossexual, etc etc qualquer dicionario resolve...e nao é preciso muito para o descobrir!
Poupe-nos e evite a maçada da sua propria desorientação!

Re disse...

Poupem-me a paciência e a inteligência! ... e ainda há quem dê voz e visibilidade a esta gente. Minha Sra. abra os olhos, veja o Mundo.

Viz disse...

que raio de tema para o dia dos meus anos!!
Estou doente, estou doente (ao contrário da narizinha que acabou de se curar!!!)
Beijinhos do lado de lá da fronteira!

mistik disse...

Eu fico doida como é que em pleno sec. XXI com tanta informação, com tanto conhecimento. Possa sair em revistas conceituadas da nossa praça um tamanho disparate como este!
Por amor à santa mandem esta ir catar camelos...
Olha se estamos tão doentes que tal arranjarem um hospital com umas enfermeiras todas boas e umas medicas ainda melhores!!!
Eu increvo-me aqui para ser admitida!Até já tenho a malinha feita!

Jinhos

Ferónica disse...

Estou-me a sentir tão doente....
Vou marcar consulta com esta Sra, quem sabe não me cura.
Até lá, e porque a lista de espera deve ser longa,vou passar o tempo a ler a sua vasta obra, começando pelas suas publicações cientificas colocadas no mercado através das edições Paulistas.
coff coff, tenho tosse, estou febril.

Ferónica disse...

AR
O complexo é um conceito que na psicologia foi desenvolvido por Jung. Os complexos não são necessáriamente negativos nem sequer patológicos. Só assumem esse caracter quando mobilizam demasiada energia. No senso comum, o termo é tambem mmuito utilizado para designar caracteristicas psicologicas e comportamentais.
Esta Sra, por exemplo, tem um complexo de tipo messias, julga-se uma salvadora. Não do mundo mas dos doentes que afectados por uma doença que há algum tempo deixou de ser considerada como tal.
Esqueceram-se de dizer que só poe acaso, não tem nada a ver com as opiniões da Dra Margarida, ela é uma católoca muito muito praticante. Este tipo de opiniões cientificas já começa a estar demasiadas vezes "casualmente associado" com a posse de ideias fundamentalistas da religião católica.
Tenho de terminar,não me sinto bem, estou adoentada.

sílvia disse...

Estou muito doente! Alguem me pode disponibilizar o contacto da Dra.? Preciso de uma consulta urgente!

mistik disse...

Depois de reflectir profundamente sobre este assunto chego a uma conclusão...
Isto só podem ser sentimentos recalcados!
Lady get out of the closet!

Anónimo disse...

"E os meus amigos straights que já saltaram a cerca, posso chama-los de homossexuais e insulta-los com nomes feios, tipo: “Sua Lésbica, volta para o teu marido” ou “Larga a tua amante seu Gay”?

Caí a rir

hehehehehe

Anónimo disse...

Vá lá, vá lá, não sejam maus pa Sra. Dra. Margarida!

O país está em crise...

Os psicólogos andam para aí quase todos desempregados...

Inventar doenças até vem a calhar!
;)
A Sra está cheia de boas intenções, a tentar criar um novo nicho no mercado de trabalho! (Aposto que o Sócrates já lhe reconheceu o engenho inato)
Eu sou psicóloga...como não posso tratar a mim própria...vou já dar um toque ali ao colega! Quando estiver curada, volto aqui e deixo o contacto... 50 euros à hora e umas qtas sessões, temos se ser uns para os outros! ;)

Aster

FLORES disse...

SE ME PERGUNTAREM, QUANTAS PESSOAS VERDADEIRAMENTE (SADIAS) ESTÃO CAMINHANDO SOBRE ESTA TERRA DESGOVERNADA, EU DIRIA QUE UNS (10) MESMO ASSIM SERIA UM CHUTE, POIS NÃO CONHEÇO NENHUM, ISTO NÃO ME IMPEDE DE BUSCAR SOCORRO, EM ( JESUS - KRISNA - BUDA - E TANTOS OUTROS QUE SE APROXIMARAM DO VERDADEIRO PROPOSITO PARA O NOSSO SER VERDADEIRO) O QUE SE PASSA É QUE ESTAMOS PROFUNDAMENTE CONVENCIDAS E IDENTIFICADAS COM A PERSONALIDADE, ESTAMOS IGUAL A UMA CEBOLA PODRE, É PRECISO RETIRAR AS CASCAS PARA DESCOBRIR A PARTE SADIA. - MINHAS QUERIDAS IRMÃS - NÃO NOS ILUDAMOS, TUDO QUE NOS AGUARDA É UMA FRUSTRAÇÃO ATRAS DA OUTRA, TEMOS QUE MUDAR DE PONTO.