Link da Entrevista

quarta-feira, novembro 7

Aqui fica o link e as restantes instruções para quem quiser ouvir a entrevista on-line:

Depois de aceder ao link, procurar por Pedro Rolo Duarte e clicar em programas disponíveis, seguidamente procurar pela data da entrevista 2007-11-04 e escolher o software pelo qual querem ouvir a entrevista.

11 comentários:

Anónimo disse...

ou eu não percebi bem a coisa... ou a entrevista não está lá!

Lilith disse...

Eu também não encontro o autor da entrevista.

Anónimo disse...

...eu encontro....a data da entrevista é que não está lá...salta do dia 2 para o dia 5 de novembro....

André R. Pereira da Silva disse...

Ora aqui está um blog que é uma lufada de ar fresco.
Um abraço às autoras,

Anónimo disse...

Gostei bastante da entrevista. Parabéns : )

silvia disse...

O dia 4 não aparece...existirá outro modo de ouvir a entrevista?

Ferónica disse...

há mais do que um programa do P.R. Duarte. O dos domingos está em:
http://multimedia.rtp.pt/index.php?rcanal=1
Encontra-se lá a emissão integral de dia 4.

Cora Lina disse...

Ouvi e achei o máximo, parabens as meninas. Mandei um email, gostava que alguém respondesse... qdo houver tempo

neva disse...

boas, ouvi a entrevista posteriormente à data em que foi emitida. Achei que as intervenientes estavam descontraidas, talvez mais a shaken do que a lapis-lazuli. Não conheço as pessoas em causa mas tenho pena que a autora e criadora do blog não tenha estado presente, pois penso que teria dado uma visão diferente sobre a existência no blog, não sei. Depois como já alguém comentou penso que (felizmente) a vossa historia de vida é bastante diferente à grande parte da comunidade, ou seja, para muitas pessoas o coming out pessoal não é assim tão pacifico e cor de rosa, nem imediato. Leva bastante tempo ( uns mais que outros) e muitas duvidas e medos minam as cabeças. Penso que a parte educacional, de que falavam, fica mais descorada, pois pouco podem ajudar a quem realmente passa por um difícil processo de coming out interno. Mas acima de todo o importante é haver cada vez mais este tipo de iniciativas descontraidas, para que a temática lgbt passe a ver vista com naturalidade, pois é disso mesmo que falamos de uma orientação sexual normal. Ah só mais uma coisa já não sei quem o disse, mas durante a entrevista alguém falou em opção, penso que se referia a opção em gostar de uma mulher, eu discordo pois não se trata de uma opção mas sim de uma orientação sexual, na verdade "ninguém" escolhe. Obrigada pela vossa disponibilidade em dar a entrevista. parabéns

iLoveMyShoes disse...

:) muito bem miúdas!

Dharma disse...

Só hoje ouvi a entrevista e tenho a vos dizer que gostei muito! De uma forma descontraida e séria, disseram coisas bastante interessantes e muito verdadeiras! Gosto muito de vos ler e agora de vos ouvir tambem. É bom associarmos vozes aos autores de maravilhas! PARABÉNS!!
Considerem-me vossa fã!!
Beijinhos!