Passagem pela Antena 1...

terça-feira, novembro 6

Espero não ser tarde nem a más horas vir contar a nossa saga na rádio. Isto da informação deve ser atempada mas fiquei sem net.

Como mais vale tarde do que nunca, devo dizer que foi divertidissimo! Depois da festa de aniversário da Lesboa fizémos nós a nossa. Aparecemos as três de branco! Pareciamos pertencentes a uma irmandade qualquer. E digo três porque a AR acompanhou-nos gentilmente. Garanto-vos, não foi um gesto fácil depois da noitada de copos que tivémos!

A conversa fluiu. Apresentações aqui, tentar perceber as diferenças da nossa realidade, ali... Tentámos dar a nossa opinião da forma mais directa e simples que pudémos. Bem sei que às vezes não é fácil representar toda a "comunidade" mas também não era essa a idéia. O objectivo era explicar a utilidade do blog e o que pensamos ser o que procuram os nossos leitores.

A hora passou num instante! Chegámos à conclusão que isto dos papéis está fora de moda: o nosso entrevistador também não é o homem das suas relações. É ele quem cozinha e percebe pouco de futebol! Há coisas que por vezes não fazem sentido como continuar a rotular.

Só me resta esperar que se tenham divertido também!

6 comentários:

JvT disse...

Eu ouvi e gostei.

Parabéns.

@rco Íris disse...

Eu tmb ouvi e gostei da simplicidade e da descontracção...E tens razao, passou msm a correr *

Inha disse...

Eu ouvi, mas só parte. Da parte que ouvi, sinceramente, não gostei da "mudança". Vocês deixaram-se ir naquele préconceito do "olha, caiu-me um raio em cima e eu hoje acordei diferente, mudei a minha orientação sexual"... Não há mudanças, haverá sim tomadas de consciência, aceitação..e isso é que leva a alterações de comportamento! De resto e do que ouvi, tudo bem e parabéns por darem a voz!

mistik disse...

com muita pena minha não tive oportunidade de ouvir...
espero que haja outras ocasiões.



jinhos

SHANE disse...

Muito descontraida sim e parabens. mas numa hora e dificil trazer a luz todas as ideias e opinioes, e tds as experiencias. Achei bom, pk ñ é tds os dias q se houve falar assim e menos num domingo de manha. lol

Anónimo disse...

Pena ser necessário ter que se dar uma entrevista a um jornalista simpático e cheio de bom senso (por acaso heterossexual) para se 'sentir' na pele 'que isso dos papéis está fora de moda'...

Bjosss

Imago