Descoberta de última hora!

terça-feira, fevereiro 17


Acabei de assistir ao aceso debate na RTP1, "Prós e contras" sobre o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Aceito, em termos religiosos e pessoais, alguns dos argumentos do contra, embora não concorde. Outros porém, são inaceitáveis. Os preconceitos e homofobia ficaram bem patentes em algumas palavras, vincados de tal forma nas suas personalidades que é notório que os próprios autores estão empedernidos de intolerância e azedume.

É por isso que o ponto alto deste programa foi, para mim, quase no final quando a jurista defensora dos prós interpelou a plateia do não, dizendo que um dia aquelas jovens famílias que ali estavam teriam filhos homossexuais. A reacção foi inesperada até para mim, que estou familiarizada com estes debates. O repúdio a essa possibilidade ficou expressa, a certeza dessa impossibilidade também. Terão tomado uma vacina? Podiam ter avisado os meus pais... e já agora tinham uma boa táctica para nem sequer ser necessário este debate: é só vacinarem-se! E pronto, já está, acabaram-se os pervertidos e anormais.

Ahh meu caro Milk, como tinhas razão! Se em cada família, em cada grupo de amigos, em cada empresa soubessem quantos somos, que somos nós também responsáveis pela sociedade que todos construimos, para o bem e para o mal, e que somos só mais uns deles, e que não nos importamos.

3 comentários:

Miranda disse...

É isso mesmo! :) E cabe a cada um de nós justamente dar a conhecer no nosso circulo de amigos, familiares e colegas de trabalho as pessoas que somos, que sempre fomos, que não deixaremos de ser pelo facto de sermos homossexuais!

t'Mary @ disse...

Vou trocar a escola pela CERCI, visto que na boca dos homofóbicos sou uma anormal...
Enfim...
Excelente comentário ao debate de ontem...

Thayse Amorim disse...

Belíssimo texto!