Nesses casos...

segunda-feira, fevereiro 2




O Automóvel Clube de Portugal discrimina os homossexuais. (Ponto final parágrafo.)

O ACP tem uma campanha de seguros pessoais (que eu saiba é só uma) que dá vantagens, entre outras, para casais em união de facto. Uma senhora simpática e empenhada em vender telefonou-me e informou-me:

-Fantástico! Enviem lá isso então.
-Ahhhh não, mas para esses casos não.
-Porquê?
-É só para pessoas de sexo diferente!
-Mas isso não está de acordo com a lei...
-Pois, mas não, nesses casos não.

Já estou mesmo a ver, qualquer dia telefono com o carro empanado e se disser que sou lésbica:

- Ahh não, nesses casos não. Os gays e as lésbicas nem deviam andar de carro... nem de transportes. Se calhar o melhor era fazer uma ruazinha só p'ra eles!

E anda a gente a dar dinheiro a estes palhaços. Haja paciência...

7 comentários:

baresi88 disse...

Sinceramente, essas pessoas é que não merecem tais direitos. Só dá vontade de agarrar nessa gente e metê-los numa gaiola junto dos leões. Se calhar esses ainda são mais inteligentes que certos seres humanos.

Maldonado disse...

Nesse caso o ACP está a ir contra a lei, pois actualmente as uniões de facto homossexuais têm os mesmos direitos que as heterossexuais.
É uma questão de expores a questão à D.E.C.O., pois tal discriminação lesa os teus direitos não só como consumidora, mas também como cidadã. Por isso, deves reclamar nas devidas instâncias e não te acomodares, como faz a maioria dos portugueses...

S.M. disse...

Tens de reclamar. Ou então pura e simplesmente desligas-te do ACP e deixas bem clara a razão por que o fazes. Já chega de nos insultarem todos os dias!
Bjs

FC disse...

Fez o ACP muito bem!

S.M. disse...

E o FC perdeu uma boa oportunidade de estar calado.
This is our lives we're fighting for...como diz o Sean Penn no papel de Harvey Milk!

Miranda disse...

É mesmo, e isto só vem provar como a descriminação com base na orientação sexual ainda está tão presente em Portugal, apesar de ser ilegal!

A luta pelo reconhecimento dos direitos dos casais homossexuais ainda está longe de terminar... mesmo com a lei do nosso lado ainda teremos que ouvir muitas recusas por parte de indivíduos e instituições que se negarão a reconhecer uniões de facto e casamentos!

Citadina disse...

Incrível! Era mesmo de fazer queixa!