Não sei o que pensar disto!

segunda-feira, março 9



Estive no Campo Pequeno na sexta-feira à noite para o que pessoalmente considerei ser um grande espectáculo de duas senhoras possuidoras de duas grandes vozes. Foi um espectáculo muito intimista, notava-se que Simone e Zélia estavam muito à vontade uma com a outra, mas daí a afirmar que elas trocaram vários beijos... "O tema de Luis Tati é terminado em dueto e em uníssono, culminando com o primeiro de muitos beijos na boca que o público foi testemunha."

Confesso que não vi nada disso, mas também não estava em posição de ver e será que isso foi o mais importante deste espectáculo?

Parece-me que esta notícia quis dar uma relevância a um tipo de relacionamento que pelo que sei Simone e Zélia não partilham, seja qual for a sua orientação sexual. E chateia-me que artistas do seu gabarito sejam alvo deste tipo de insinuações. As pessoas que foram ao Campo Pequeno foram para vê-las mas sobretudo para ouvi-las, porque são duas grandes artistas da MPB. A notícia cheira-me a coscuvilhice a roçar ao sensacionalismo e é pena que em Portugal tantas vezes a imprensa esteja mais interessada em saber quem dorme com quem ou quem beija quem do que naquilo que devia ter sido o seu foco de interesse, que foi a grandiosidade da junção daquelas duas vozes e almas cariocas para deleite de todos os que ali estavam para assistir a esse momento!

23 comentários:

Fabi disse...

Tb concordo com vc,só não que Simone é baiana e não carioca.
=)

Dra. Gô disse...

São duas vozes espetaculares. E a imprensa portuguesa, apesar de insinuar, não errou por completo: até onde sei a Zélia mantém um sério relacionamento com uma famosa jogadora de volei de praia.
Mas aqui não é diferente: beijos na boca entre artistas femininas sempre ganham comentários e a primeira página dos sites sensacionalistas.
Abraços da Dra.

Helena disse...

Miranda, em parte concordo consigo, porém colocar os artigos de hardmusic dentro de algo como imprensa nacional é dar-lhes mais mérito e credibilidade do que na realidade merecem!

Não vamos escamotear o facto de que existe jornalismo para tudo e para todos os gostos e a maior parte, embora desenvolvido por profissionais encartados, é de paupérrima qualidade e com de baixo nível.

É verdade de que a homosexualidade, agora, é moda.
O assunto, as caras, os beijos, as suspeitas, as saídas dos armários … tudo é notícia.
Sobre a notícia do show, se tivesse lido comentários como o do Hardmusic no JN | Expresso | Blitz … as coisas seriam diferentes, mas todas as reacções são idênticas a esta no Ípsilon http://ipsilon.publico.pt/musica/critica.aspx?id=219875

Hardmusic … quem são esses tipos?

Antes de começar-mos a atacar a imprensa nacional - e não estou a dizer que a Miranda o tenha feito, mas antes que a moda pegue nos comentários – não vamos medir as opiniões de um site que começou por ser um blog, pela mesma bitola da qualidade e credibilidade a que já nos habituaram muitos jornalistas portugueses.

Bjs
Helena

Miranda disse...

Obrigada pela correcção Fabi! :) Para mim "alma carioca" era um pouco como "alma lusa" mas já vi que se aplica apenas aos que nasceram no Rio!

E claro Dra a gente até sabe que a Zélia não esconde a sua orientação sexual (embora não me pareça que o assuma como o fez Cássia Eller) mas isso não devia ter relevância alguma em relação ao espectáculo em causa.

E obrigada Helena também pelo esclarecimento. Foi de facto a única notícia que encontrei (via Google) sobre o espectáculo no Campo Pequeno e assumi que era de fonte credível! :P

C... disse...

Incriveis e talentosas!

www.los-cookies.blogspot.com

Maria Papoila disse...

Muita dor de corno, a desse senhor, de não nenhuma delas na sua alcova.

Não dá para ligar a essa gente.

Beijos na boca não vi, mas e se fosse? O que terias nós a ver com isso?

Grande concerto isso sim, mas da música não falou ele até trocou o nome da "Alma".

Alice disse...

Ambas são lésbicas, como 90% das cantoras de Música Popular Brasileira, um fenômeno que é motivo de muitas piadas aqui no Brasil.

Mas acho lamentável a imprensa falar sobre isso ao invés de destacar o imenso talento delas.

Anónimo disse...

Até fui ver o "artigo".
Fui aos 3 shows com a minha namorada, temos o privilégio de sermos amigas de uma delas e acho inacreditável as coisas que às vezes, temos que ler.
Se ainda fosse verdade, mas não.
Não sei o que é pior, a incompetência como jornalista, que veicula informações erradas e nem era preciso muito, bastava ir ler o encarte do cd ou dvd, lá vem os nomes das canções e respectivos autores ou a falta de vista.
Até o nome da Cássia Eller o incompetente trocou.

BitterSweet disse...

Olá ^^ primeira vez que comento no seu blog! e sobre o post, também acho terrivel quando alguns jornalistas do lado negro da força fazem materias lixo como essa! É um show musical, então que se dê enfâse a música delas! Show da Zélia eu ja fui, e foi bem legal ^^ bem animado \o

bju

BitterSweet disse...

Outra coisa, como faço para "seguir" o seu blog? gostei dele ^^

Helena disse...

Oh minhas senhoras, por favor, o autor do artigo não é sequer jornalista!
È um hetero como muitos andam por ai em blogs e sites que publicam coisas pseudo-intelectuais e ou culturais mas que no fundo o interesse do artigo vai parar onde normalmente vão parar os pensamentos da maior parte deles que é o pénis e as suas fantasias!

Toda a lésbica sabe que tanto a Zélia como a Simone são lésbicas. E isso no fundo, para além do talento delas, para além da qualidade da música, para além de querer ver ao vivo Simone a cantar Tou Voltando, para além disso tudo, é verdade que muitas lésbicas só foram ao concerto porque estas intérpretes são lésbicas.

Agora, há por ai um – que se saiba - hetero que fantasiou com a ideia de ver duas lésbicas em palco aos beijos, escreveu sobre o assunto num site sem credibilidade alguma, o rapazinho provavelmente nem sequer tem carteira de jornalista e vamos falar em Jornalistas, imprensa nacional …
Quando na realidade, deveríamos era de estar sossegados e em paz com a comunicação social, quando esta – excluído a imprensa cor-de-rosa – tem ultimamente tratado a “causa” LGBT de uma forma aprazível, diversa e interessada e acreditem que se quisessem poderiam retratar a homosexualidade de uma forma muito menos agradável.

Em Portugal, vivem-se tempos de mudança em relação aos nossos direitos, estamos cada vez mais perto de alcançar uma maior igualdade de direitos e nesta altura mais importante do que procurar novos ataques, é gerir o fruto do trabalho árduo de todos estes anos.
Desculpem o logo comment, mas não deu para ignorar.

Ale Guerra disse...

Olá moça.
TE add no meu blog lesbico feminista: http://mulheresautonomas.blogspot.com, depois passa lá. ele é novinho, mas promete, rs.
Sobre a Zélia e Simone, odeio também que fiquem comentando detalhes pessoais ao invés do talento maravilhoso e indiscritivel que as duas tem. Mas venhamos e convenhamos, a química entre as duas nos palcos é indiscutível, até os mais inocentes se perguntariam se são um casal...
As duas são lésbicas assumidas e pelo que saiba, casadíssimas... oras

soFÍa disse...

Não consigo entender que espetáculo viu este senhor, mas certamente não foi o mesmo que eu vi. Vi um espetáculo fantástico, onde se pode assistir a duas mulheres com vozes magnificas. Adorei a cumplicidade das duas em palco, mas dai a falar-se em trocas de beijos...valha-me deus mais estas mentes tão pobrezinhas...coitado!!!

soFIa

Andrea de Lima disse...

brasil ou portugal? adorei o blog. e os bottons, haha.

até mais ler.

Cruela Cruel Veneno da Silva disse...

este show é fantástico.

mas não é só em Portugal não.. como diria Caetano por aqui também "todo mundo quer saber com quem você se deita, nada pode prosperar..."

baresi88 disse...

Desaparecidas, voltem a postar no blog!

Duca disse...

São duas grandes artistas e são amigas. Zélia Duncan para além de ter uma voz linda é uma maravilhosa compositora e autora. A parceria musical que ambas fizeram é um verdadeiro luxo. Portanto, quaisquer razões que tenham levado as pessoas a irem ver o concerto delas são válidas, inclusive, pelo facto de serem lésbicas pois ninguém deve ter chorado o dinheiro gasto no show dada a sua qualidade.

Quando ao que diz o "jornalista" nem me dei ao trabalho de me registar no site do tal Hardmusic para ler, pois como diz o povo "vozes de burro não chegam ao céu".

Érika disse...

Ahhhhhh, que espacinho interessante!

Coloquei nos favoritos, vou ler depois com muiiiita calma!

Beijos

Moura ao Luar disse...

É mesmo!!!! Que fofoquice irritante!!!

Lívia Gomes LG® disse...

Geralmente quem desdenha quer comprar! E outra... ser ou não lésbica e beijar ou não num palco não quer dizer absolutamente nada!Cada um é dono de sí...

"JORNALISTAS" como este, deveria é escrever artigos sobre coisas que realmente venham a incrementar nossos conhecimentos...e ñ "sujar" nossos olhos com tais babaquices!

As duas juntas...são dignamente perfeitas! Vozes e postura como poucos! Belo show!

Parabéns pelo blog!

Me Hate disse...

Concordo e tambem nao vi nada mas, enfim, talvez seja mais a imaginacao de certa gente que gostava de ver o que no fundo nao se viu!

Nana disse...

Simone é do nordeste do Brasil, e a Zélia é paulista... beijos

guida disse...

Olá Miranda, sigo o seu Blog ha algum tempo e com muito gosto aliás. Vi o primeiro dos shows da Simone e Zélia no campo pequeno. Esperava muito mais. Apenas gostei e não amei e eu gosto de amar caramba. Mas...beijos entre elas? Onde? Quando? Se a estupidez pagasse imposto... beijo gde e bons post