Lesbian vampire killers

segunda-feira, agosto 31




Acho que é seguro declarar que nunca vi um filme com um título tão fantástico tornar-se numa tão grande desilusão! Segundo o Times é mesmo "an appalling waste of a perfectly decent title".

Confesso que tenho um certo fascínio por vampiros e vampiras (mais ainda se forem lésbicas naturalmente). Adoro tudo o que meta sexo, sangue e morte à mistura, acho que dá sempre um culminar orgásmico literário (ou cinematográfico) e confesso que adoraria um dia escrever um argumento sobre vampiras lésbicas, cheio dos ditos condimentos, sexo, sangue e muitas mortes!

Este filmeco de meia tigela, apesar do titulo fantástico, não chega nem perto daquilo que para mim seria uma história sobre vampiras lésbicas. Só de o dizer já fico cheia de arrepios, e não é de medo, apesar de considerar que um argumento deste género também se prestaria a um bom filme de terror. Imagino já os dentes delas a crescer, iluminados pela lua, imagino-as a morderem jovens virgens trémulas, imagino o sangue quente a escorrer-lhes pela boca, as suas línguas a saborearem gulosas as gotas gordas e reluzentes... ai!

O que eu nunca, mas nunca nunca nunca faria a um filme com um título destes seria transformá-lo num género de comédia estupidificante sobre dois heróis deficientes mentais que só pensam em mamas, cerveja e preservativos! Heeeelllloooo!!! Mas vamos por partes...

1) Nunca mas nunca chamaria Carmilla à minha rainha das vampiras lésbicas. Mas que raio de nome é esse?!?! Marvela, talvez... ou algo mais rebuscado ainda porque uma rainha, ainda para mais sendo vampira lésbica merece um nome à altura! Para além de lhe darem pouquíssimo tempo de antena, de não a porem a protagonizar uma cena de sexo com uma das suas súbditas, matam-na quase imediatamente após ter ressuscitado!

2) Nunca mas nunca poria dois homens por mais bem parecidos que fossem (e estes não são, bem pelo contrário) a matarem vampiras lésbicas! As vampiras lésbicas não podem ser mortas por homens, elas comem-nos ao pequeno almoço! Eles não são suficientemente inteligentes para conseguirem matar tais nobres criaturas. Temos pena!

3) A banda sonora é simplesmente execrável! Quem escolheu a porcaria que ouvimos durante o filme deve ser totalmente duro de ouvido (homem de certeza) e um filme com este titulo merecia uma boa banda sonora, ao estilo do David Bowie com o seu fantástico "Cat People".

4) Neste filme as mulheres tornam-se vampiras automaticamente quando atingem a maioridade o que até pode ser interessante mas em termos cinematográficos é péssimo. Toda a gente sabe como nos tornamos vampiras, temos que ser mordidas por uma vampira, é condição primordial para que a transformação se dê! Uma mulher está a dormir na cama, abre os olhos e de repente é vampira é muito mau! Nada disso, antes de o serem as vampiras têm que ser mordidas por outras mulheres vampiras. A vampira lésbica seduz a sua vitima, pode ser homem ou mulher embora só as suas vítimas que são mulheres se possam vir a tornar vampiras. A vampira lésbica usa os homens como comida, e as mulheres para o sexo. A vampira lésbica morde as vítimas e não é ela que controla o que lhes acontece. A vampira lésbica não é uma assassina, ela apenas tenta saciar as suas necessidades e os seus desejos, ela não chega a matar ninguém. Das vítimas mulheres nem todas se transformam em vampiras lésbicas, depende da reacção do seu sangue ao veneno que a vampira lhes injecta enquanto lhes morde os apetecíveis (e apetitosos!) pescoços. Algumas vítimas não se irão transformar em vampiras por terem uma quantidade substancial de anti-corpos adquiridos ao longo de muitos anos a fornicarem com homens. Sim porque ser vampira lésbica não está ao alcance de qualquer mulher!

5) O sexo é inexistente e essa é a maior falha de sempre em relação a um filme com este titulo! O filme merecia muitas cenas de sexo tórrido entre mulheres, as vampiras lésbicas adoram sexo, é o sexo que as motiva, mais ainda do que a sua inesgotável sede de sangue! Como é possível não haver nenhuma menção sequer de sexo para além duns insípidos beijos entre mulheres que pela forma como são filmados podiam bem ser cumprimentos entre amigas ou primas e não beijos entre vampiras lésbicas!

Posto isto mais uma vez declaro que adorei o titulo deste filme, mas detestei o filme em si. Quando for grande quero escrever sobre vampiras lésbicas e não vai ser nada disto, é que nem remotamente parecido!!

13 comentários:

Pensando disse...

Primeira vez por aqui..e quero falar que finalmente alguém com o bom senso de criticar o filme em si..porq. tamanha foi mina decepção ao ver esse filme que tinha tudo para ser best entre os filmes.devido ao belo título..efim aguardando vc crescer e produzir..rsrsrsrs

Miranda disse...

Pensando, me aguarde!! :)

Duas Meninas: Um Grande Amor disse...

Caraca agora nem vou assistir mais...rsrs


bjos.


D. & C.

OUT the Closet disse...

Já me tinham dito que era péssimo! Talvez o público-alvo sejam precisamente homens, ou putos, abrutalhados, com apenas um neurónio (e em mau estado). Mas não o vi, portanto não posso dizer muito mais!

Alice disse...

Adorei os seus argumentos, acho que dariam um roteiro muito melhor que o do filme. Quem sabe isso não rende um conto aqui no blog, hein?

Nuno Ribeiro Ferreira disse...

Magnífico texto...não vi o filme, mas fiquei com curiosidade para ver e depois acrescentar uns arrasos assim como os vossos. :) Um blog cinco estrelas. E lésbicas? Bem, não sei, lol, com gelo I guess... Parabéns

hellena corvo disse...

Carmilla (eu sei que não soa bem...) é o nome da primeira vampira da literatura, num conto de... hum, Sheridan LeFanu, acho (do tempo do Sherlock Holmes :))

Abraço

Olhares Impressos disse...

òtimo post sobre o péssimo filme

fazer o que? nem sempre o rótulo equivale ao produto...tá aí o markenting da criação

beijos

Anónimo disse...

Este blog já não é mesmo o que era... Já nem faz muito sentido manter o mesmo título, isto na minha reles opiniao...

Anónimo disse...

vi o filme hoje. la fui eu com a minha namorada, quando nao é o meu espanto e na sala de cinema estamos apenas nos as duas e dois senhores com idades pra serem nossos avós sentados cada um numa ponta da sala! porque? hum, talvez pela qualidade do filme, ou porque nem depois de velhos os homens mudam e ganham juizo!...
que desilusao de filme...

Anónimo disse...

adorei o seu argumento

Arthur disse...

eu ando constantemente atento aos vampiros energéticos, mas até me deparar com este post

nunca tinha reflectido sobre vampiras lesbicas, o que so demonstra que ainda tenho que alargar muito as minhas reflecções

vampiros profissionais
vampiros emocionais
vampiros familiares
vampiros alheios
vampiros de todas as formas e feitios

e agora....acrescentar

vampiras lésbicas

A Santa disse...

Isso sim era de valor :D
Por acaso já me falaram desse filme até há bem pouco tempo, mas, a julgar pelo título (apesar de ser apelativo pa crl!), é mesmo a fantasia masturbatória de miudos de 12 anos